Available actions

Reader available actions

Share
 

Associativismo Farmacêutico

Description details

Description level

Section Section

Reference code

PT/OF/CDF/C

Title type

Atribuído

Date range

1835 Date is certain to 1972 Date is certain

Dimension and support

314 UI

Producer

Sociedade Farmacêutica Lusitana, Montepio Farmacêutico, Classe Farmacêutica, União de Farmacêuticos de Braga, Associação de Farmacêuticos Portugueses, Associação dos Farmacêuticos do Centro de Portugal

Biography or history

O Associativismo farmacêutico em Portugal teve o seu início formal através da criação da Sociedade Farmacêutica que tendo sido em 1835 coexistiu com outras associações entretanto criadas até 1935. Logo no início da sua atividade, a Sociedade Farmacêutica Lusitana promoveu a criação do Montepio Farmacêutico (1838-1862), uma das primeiras associações mutualistas em Portugal. A Classe Farmacêutica (1885-1886) e a União de Farmacêuticos de Braga (1899-1933) foram associações de pequenas dimensões cujo raio de ação se centrava na cidade de Braga. Em 1900 foi criada a Associação de Farmacêuticos Portugueses cuja atividade durou até 1933, e em 1924 foi constituída em Coimbra a Associação dos Farmacêuticos do Centro de Portugal. Todas estas associações se fundiram por imposição do Estado Novo no Sindicato Nacional dos Farmacêuticos que foi criado por Alvará de 27 de março de 1935. Os interesses da classe farmacêutica passaram a ser representados pelo Sindicato até 1972, ano em que foi criada a Ordem dos Farmacêuticos.

Custodial history

A documentação existente nesta secção resultou da atividade das seguintes associações de farmacêuticos: Sociedade Farmacêutica Lusitana, Montepio Farmacêutico, Classe Farmacêutica, União de Farmacêuticos de Braga, Associação de Farmacêuticos Portugueses, Associação dos Farmacêuticos do Centro de Portugal e Sindicato Nacional dos Farmacêuticos. Inicialmente pertencente a cada uma delas, transitou em 1935 para o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos uma vez que por imposição do Estado Novo foram obrigatoriamente integradas todas as associações referidas no então criado Sindicato Nacional dos Farmacêuticos. Em 1972 através do Decreto-lei N.º 334/72 foi extinto o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos e criada a Ordem dos Farmacêuticos, tendo a documentação passado para a sua posse tal como os restantes bens.

Scope and content

Secção que integra documentação produzida por diversas associações de farmacêuticos sendo composta na sua maioria por livros de atas, tomadas de posse, copiadores de correspondência, registo de matrícula de sócios, contas correntes de sócios e documentos provenientes de doações de sócios.

Language of the material

Português